YouTube recua nas regras contra desinformação eleitoral - Casa da Tecnologia
Site Overlay

YouTube recua nas regras contra desinformação eleitoral

YouTube recua nas regras contra desinformação eleitoral

A empresa considera que as medidas podem “limitar o discurso político”

O YouTube anunciou na última sexta-feira, dia 2, que vai reverter (com efeitos imediatos) as suas regras em relação à desinformação eleitoral, informou o site Axios.

“No atual ambiente, consideramos que apesar de remover este conteúdo remover desinformação, pode também ter o efeito indesejado de limitar o discurso político sem reduzir de forma significativa o risco de violência e outros perigos no mundo real”, explica o YouTube.

Assim sendo, a plataforma de vídeos da Google “deixará de remover conteúdo que divulgue falsas alegações de fraude, erros ou falhas nas eleições de 2020 nos EUA”.

Vale lembrar que o YouTube foi uma das últimas plataformas digitais a realizar medidas para combater desinformação durante as últimas eleições presidenciais dos EUA, tendo-se mostrado mais resistente do que as rivais a implementá-las.