Usar WhatsApp em 4 dispositivos diferentes pode aumentar riscos à segurança - Casa da Tecnologia
Site Overlay

Usar WhatsApp em 4 dispositivos diferentes pode aumentar riscos à segurança

Usar WhatsApp em 4 dispositivos diferentes pode aumentar riscos à segurança

Uma atualização do grupo Meta (antigo Facebook) passou a permitir, ainda em 2021, o funcionamento de WhatsApp em quatro dispositivos diferentes. Com o celular sendo o centro de autenticação e outros aparelhos conectados pelo WhatsApp Web, é possível utilizar o programa sem que o celular esteja conectado à internet.

Contudo, a facilidade de acesso e uso também aumentam as chances de o usuário perder o controle de sua conta. Caso algum invasor consiga acesso sem autorização, ele seguirá utilizando o aplicativo sem conhecimento do dono da conta.

“O dispositivo tem um pouco de vida própria e um histórico próprio de mensagens. Ou seja, quando você apagar um histórico de mensagens em um dos dispositivos da conta, ele não necessariamente será excluído automaticamente dos outros aparelhos. Essa quebra de sincronia pode fazer com que seja um pouco mais difícil perceber se a sua conta está sendo utilizada em paralelo por um cibercriminoso”, afirma Marcus Garcia, vice-presidente de tecnologia da FS Security, especialista em segurança digital, ao portal R7.

Apesar de as trocas de mensagens, fotos e vídeos serem criptografadas, criminosos cibernéticos podem ter acesso a um dos dispositivos validados pelo usuário. Então é importante atentar-se para não deixar a conta de WhatsApp aberta em computadores públicos e até mesmo no trabalho, caso a máquina seja compartilhada.

“Com essa atualização, você precisa sempre saber em quais aparelhos fez essas autorizações de uso e, se for um usuário assíduo dessa nova funcionalidade, de tempos em tempos deve fazer uma revisão para lembrar em quais telefones ou computadores deixou a sua conta conectada”, disse Marcus.

Deixe um comentário