Taxista presta queixa contra Tesla após acidente mortal em Paris - Casa da Tecnologia
Site Overlay

Taxista presta queixa contra Tesla após acidente mortal em Paris

Taxista presta queixa contra Tesla após acidente mortal em Paris

Parisiense pretende processar a empresa norte-americana.

Um taxista parisiense, cujo Tesla Model 3 sofreu um acidente em dezembro, levando à morte de uma pessoa, fez uma queixa na justiça francesa contra a empresa norte-americana.

O anúncio foi feito, este domingo, pelo advogado do taxista, que informou que a queixa foi apresentada na sexta-feira. O homem alega que a Tesla “colocou a vida de outras pessoas em perigo”, cita a Reuters. 

Lembrando que, após o acidente, o governo francês tinha afirmado que não existiam indícios de problemas técnicos na origem do acidente. 

No acidente, que ocorreu em dezembro de 2021, o Tesla, que pertencia à maior empresa de táxis de Paris, a G7, bateu contra postes de metal, uma fileira de bicicletas pagas, atingido depois pedestres e um veículo antes de parar. Além de causar uma vítima, 17 pessoas ficaram feridas, três das quais em estado grave.

O taxista, que estava fora de serviço e que se dirigia com a família a um restaurante, está sendo investigado por homicídio, mas ainda não foi acusado de qualquer crime. O homem testou negativo num teste de álcool após o acidente.

O taxista disse à polícia que o carro tinha acelerado sozinho e que não tinha conseguido travar.  O Ministério Público francês irá agora decidir se dá luz verde à queixa do taxista. 

Os modelos Tesla têm a opção de piloto automático. Na época, a empresa pronunciou-se sobre o caso e negou qualquer tipo de falha.

Deixe um comentário