Pesquisa: Metade dos brasileiros afirma que fica apreensiva com uso de IA - Casa da Tecnologia
Site Overlay

Pesquisa: Metade dos brasileiros afirma que fica apreensiva com uso de IA

Pesquisa: Metade dos brasileiros afirma que fica apreensiva com uso de IA

Os países que declaram ter menor entendimento do que é a Inteligência Artificial são Bélgica (56%), Itália (53%) e Japão (43%)

Metade dos brasileiros (51%) afirma que o uso de Inteligência Artificial em produtos e serviços causa apreensão. O país está em sintonia com a média global, que é de 52%. Os países com o maior índice de apreensão com relação ao uso de IA são Austrália (69%), Grã-Bretanha (65%) e Canadá (63%). Na outra ponta, estão Coreia do Sul (44%), Polônia (38%) e Japão (23%).

Os dados foram apurados por meio da pesquisa “Global Views On A.I. 2023”, realizada pela Ipsos em 31 países, entre o período de 26 de maio a 9 de junho de 2023.

Mercado

Apesar do receio da maioria dos brasileiros, 64% da população acredita que o uso da IA em produtos e serviços traz mais benefícios do que desvantagens. O Brasil se encontra em 10° lugar do ranking global. Os países que melhor avaliam como positivo o uso são Indonesia (78%), Tailândia (74%) e México (73%). Os que menos concordam com essa afirmação são Canadá (38%), Estados Unidos (37%) e França (37%).. A média global é de 54%.

Conhecimento

Quanto a compreender o que é Inteligência Artificial, sete em cada 10 brasileiros (74%) afirmam ter um bom entendimento sobre o que é a IA. Importante ressaltar que a pesquisa é realizada em plataforma on-line, por tanto representa a população mais conectada. . A média global é de 67%.

Os países que declaram ter menor entendimento do que é a Inteligência Artificial são Bélgica (56%), Itália (53%) e Japão (43%).

Sobre a pesquisa

A pesquisa “Global Views On A.I. 2023” foi realizada pela Ipsos em 31 países, com 22.816 entrevistados, sendo aproximadamente mil entrevistados no Brasil, entre 26 de maio a 9 de junho de 2023. A margem de erro para o Brasil é de 3,5 pontos percentuais.