Como a guerra cibernética entre Rússia e Ucrânia pode afetar o mundo - Casa da Tecnologia
Site Overlay

Como a guerra cibernética entre Rússia e Ucrânia pode afetar o mundo

Como a guerra cibernética entre Rússia e Ucrânia pode afetar o mundo

Após a invasão da Rússia na Ucrânia na última quinta-feira (24), o mundo pode ter entrado na primeira guerra que pode se desenvolver no campo cibernético. 

O grupo de hackers Anonymous declarou guerra cibernética contra o país comandado por Vladimir Putin e já efetuou uma série de ataques. Eles assumiram em suas redes sociais a autoria dos ataques à rede de TV estatal russa RT News. Páginas oficiais do governo também sofreram ciberataques e ficaram fora do ar durante a quinta-feira. 

Por outro lado, ataques russos também aconteceram contra sites do governo ucraniano, como nos ministérios de Relações Exteriores e da Educação. Nesta semana, ataques também afetaram sites de bancos. Ao contrário dos ataques promovidos pelos Anonymous, o governo russo não assumiu a autoria. 

Como a internet é uma rede, os vírus usados nesses ataques muitas vezes podem se expandir para outros sites além do alvo original. Com isso, a guerra cibernética pode afetar diversos países, inclusive o Brasil. 

Além disso, os ataques podem não ficar restritos ao ambiente virtual. Assessores de Joe Biden já alertaram ao presidente norte-americano que o país pode fazer ataques cibernéticos para, por exemplo, desligar a rede elétrica e controlar o sistema ferroviário, causando acidentes e descarrilamentos. Essa informação foi confirmada pela rede de TV NBC. 

Deixe um comentário